sexta-feira, 25 de junho de 2010

segredos de um ultramaratonista

"Eu corro porque sou apaixonado por corrida." (valmir nunes)

terminei de ler o livro do valmir nunes, e encontrei naquelas páginas muitas lições que pretendo aplicar aos meus ultratreinos...

correr por paixão!
essa paixão que impulsiona, que faz querer mais, mais dias correndo, mais quilômetros corridos a cada dia...
tenho fome de estrada, e avançar pelo asfalto me sacia!

no livro encontrei também nomes de outros ultracorredores... pesquisei um pouco sobre Pam Reed, duas vezes vencedora da Badwater: uma corridinha básica;) de 217km, num terreno extremo, tanto pelo clima quanto pelo relevo!

li uma entrevista na internet feita com ela, e estes trechos são bem interessantes:
Not since Ann Trason has any female runner created such exciting waves within the ultra running community. As has been predicted for some time, women are now winning distance events outright. Reed has a theory: "The longer the distance is, the better chance women have of catching and beating the men. I think some of it has to do with women’s ability to deal with pain. The longer these events are, the more painful they are. Plus, our higher body fat content helps fuel us during ultra events."
...
To many, enjoying 135 desert miles may sound ludicrous, but the difficulty is exactly what appeals to Reed. "Nothing that I have ever done in my life that has been easy has been worth it. The harder it is, the more satisfaction I get. That’s what I love about ultra running. That’s what I love about life."
http://runningtimes.com/Article.aspx?ArticleID=5383&PageNum=4
 
(nem vou me enxerir a traduzir esses pedacinhos em inglês, meu negócio é o francês, rsrsrs) 
achei interessante o primeiro trecho, porque nunca havia pensado que as mulheres poderiam ter mais chance de superar os homens na modalidade ultramaratona, e que isso poderia ser resultado de uma habilidade em superar a dor, e ainda devido a um maior estoque de gordura corporal, que forneceria mais combustível pra essas ultradistâncias! de fato, na entrevista ela conta que ganhou a 2ª badwater chegando na frente de dean karnazes!

no segundo trecho que copiei aqui, ela diz que quanto mais difícil, mais satisfação! e é isso que ela diz amar, na corrida, e na vida!

acho que é isso que nos atrai a querer ir cada vez mais longe, sejam 10km, 15km, a meia, uma maratona... o infinito, rsrsrs
é essa satisfação de superar um desafio, de enfrentar e vencer algo que num primeiro instante parecia quase impossível...
a realização de um desejo, conquistado por mente e corpo!

e a trajetória de valmir nunes é inspiradora! terminei de ler o livro e já fui logo sentindo aquela necessidade de simplesmente sair correndo pelas ruas... mas tive que baixar o fogo: o resfriado se aliou a uma tosse seca irritante, e ontem, depois de uma péssima noite, resolvi pendurar a planilha e ficar bem quietinha, aquecidinha, só tomando xarope e curtindo as histórias do valmir..., rsrsrs

no livro ele dá dicas sobre nutrição, treinos, revela os seus treinos, ensina o tipo de passada mais eficiente pra correr uma ultra...

passada: curta, rápida, leve, sem levantar muito os joelhos... como já corro com passinhos de gueixa, falta só (rsrsrs) velocidade e leveza, hehehe
ritmo: constante... muito importante essa dica; nada de fartleks, viu elis?! hehehe
tipo físico: boa musculatura, principalmente panturrilha, coxa, abdômen, tem que ter reserva de gordura (eu tenho, eu tenho, eu tenho!!!! rsrsrs), não pode ser gordo, não pode ser tão magro! (oba!!!!!!)
kms: aumentar gradativamente os percursos, conhecer os limites do próprio corpo, depois ampliar!
suporte: precisa de tempo pra treinar, e apoio familiar

isso aí é apenas um apanhado do que achei mais relevante entre os muitos ensinamentos do livro! valmir fala ainda sobre nutrição, o que usar, sobre descanso.... tem que ler o livro pra assimilar bem esses ensinamentos! e principalmente, tem que praticar essas lições!

um dos trechos que achei muito interessante:
"um corredor tem que gostar da distância que corre", é preciso se sentir confortável durante o percurso, e para isso tem que ter paixão pelo que faz, disciplina e muito treino, físico e psicológico!

sim, treino psicológico! já tinha lido sobre isso no blog do carlos lopes! e também na matéria sobre ultramaratonistas na revista O2 de maio! tem que treinar até o que vai pensar na hora da prova, para não se deixar abater por pensamentos como: o que estou fazendo aqui? tá muito difícil! não vou conseguir! quero minha mãe!!!!!!
a experiência de treinos longos, de vencer gradualmente as distâncias, dando tempo para que nosso corpo se adapte aos novos limites, e também participações em provas de distâncias variadas, darão suporte para incrementar a confiança de que somos capazes sim de vencer aquele desafio que decidimos enfrentar!

mas é marcante que valmir também diga:

"Muitos se tornam ultramaratonistas apenas pelo prazer de superar a si mesmos e às suas marcas."
"...o que impulsiona o atleta da ultramaratona, mesmo que ele não tenha corrido tantos quilômetros de uma vez em um treino, é a vontade de vencer."

necessidade!
vontade!
paixão!
amor!
+ disciplina+ treino= sucesso!

ai, tô de novo com aquela vontade desesperadora de sair correndo!!!!!!! rsrsrs

e justo hoje, que tô com essa gana toda por rua... as crianças entraram de férias, e acabaram-se as minhas!rsrsrs
agora terei que fazer como todos os mortais, catar brechinhas de tempo pra sair correndo, rsrsrs

possivelmente enquanto boa parte da população mundial estará ligada no jogo de portugal e brasil, eu estarei iniciando os 15km da planilha, aproveitando o marido em casa... deixo as crianças com ele, e vou curtir alguns minutos de liberdade condicional, hehehe
depois volto pro tronco, rsrsrs

vai uma corridinha aí? ;)

18 comentários:

  1. Elis, vc é demais!! Agora fiquei com medo de vc!! Como assim "10km, 15km, a meia, uma maratona... o infinito"? Infinito??????? Meu Deus!! Será que vamos nos encontrar em Urubici ano que vem? Eu tirando fotos e vc correndo! Adoro seu senso de humor! Minha ideia de corrida é mais pu menos assim: humor, diversão, descontração!! Parabéns pelo ótimo Post!!
    Beijão

    Felipe de Souto

    ResponderExcluir
  2. Que legal Elis...
    eu terminei meu livro tbm, mas na mesma noite..
    não consegui parar por nada...hehehe...
    Bjinhos
    Bons treinos
    JU

    ResponderExcluir
  3. O Valmir Nunes vai te processar por vc tá transcrevendo o livro dele aqui...kkkk...Nem vou comprar mais o livro pq vc já falou praticamente tudo aqui...kkk...To brincando, segura o faixo aí corredora, temos anseios sim de sair correndo por aí mais temos que se conter...Muito legal vc postar alguns fatos do livro aqui...Eu também tenho sede de saír por ai correndo, ainda mais com o meu mp4, falando em mp4 eu estou organizando melhor a relação das músicas que rola no meu mp4 e depois eu te mando a relação para seu email.
    Bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
  4. Muito bom seu post, Elis. E ano que vem tem sim Ubirici, né? Há, matou a pau!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Elis, ontem conseguir vencer a mim mesma, fiz 21 km, e hj estou intereça, percebi que sou capaz de ir mais além...
    Gostei do seu post...
    \o/ eeeeeeeeee
    Bons treinos
    www.marleemove.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. oi, felipe!

    obrigada!

    o infinito?... é logo ali, rsrsrs um tantinho depois de urubici, hehehe
    neca de ficar só tirando foto! tem que fazer igual ao jorge: corre e tira foto ao mesmo tempo;)

    bom-humor é tudo! se a gente se levar muito a sério, aí já prestou;)

    ResponderExcluir
  7. oi, ju!

    eu também costumo ser uma leitora voraz... mas é que eu tava com peninha de devorar o livro de um teco só;)
    resisti até quando deu, rsrsrs

    ResponderExcluir
  8. oi, jorge!!!

    eu vou é pedir porcentagem nas vendas realizadas após a publicação desse meu post, de tanto que fiz propaganda desse grande atleta que o valmir é, hehehe só não tietei mais pra poupar todo mundo, rsrsrs
    só tá faltando agora eu ir lá em santos, e ficar de plantão na praia esperando o valmir passar e autografar meu livro, rsrsrs

    é, como você vive dizendo, e valmir também, a gente tem que ir devagar, construindo bem essa base... isso é que vai dar suporte e segurança pra enfrentar uma ultra!

    quanto às músicas, obrigada mais vez, jorge, por ser tão atencioso!

    ResponderExcluir
  9. clea!!!!

    se depender de minha motivação e disciplina, ano que vem tem urubici, sim;)

    ResponderExcluir
  10. marlee!!!

    parabéns pelos 21km!!! é bom demais, né??? agora falta pouco pra maratona;)

    a gente sempre pode ir mais além... é só querer!

    parabéns, marlee!!!! é uma grande conquista! e a sensação de ter alcançado essa marca é maravilhosa!!!

    ResponderExcluir
  11. O Nunes é show !!! E essa é a frase: "As limitações estão dentro de cada um de nós" Bons treinos guerreira.

    ResponderExcluir
  12. Viva Elis!
    "tipo físico: boa musculatura, principalmente panturrilha, coxa, abdômen, tem que ter reserva de gordura"...ehehehehehe ADOREIIII, EU TAMBEM TENHO!!!!!


    "Muitos se tornam ultramaratonistas apenas pelo prazer de superar a si mesmos e às suas marcas."
    - Poderia acrescentar, que muitos usam o desporto - qualquer tipo - somente para se superar a si mesmo e não aos outros, aos tempos dos outros...o deporto é para muitos (pelo menos é para mim) um acto solitário, de introspecção, de plenitude ,de intimidade...

    Continua a postar partes dos textos!!!Obgdo
    Bons treinos

    ... e o Brasil 0: Portugal 0...veio mesmo a calhar para ambas ;-)

    ResponderExcluir
  13. oi, joka!

    ai, que esqueci logo essa frase!!!
    essa diz tudo!

    obrigada!

    ResponderExcluir
  14. oi, bekas!

    você tem razão, essa superação se aplica sim aos praticantes de todos os esportes...
    vale principalmente para nós amadores que buscamos nas provas de que participamos simplesmente essa superação: que é nosso pódio e nosso troféu!

    nem me fale desse jogo!!!! comi até as unhas;)
    que nervoso!

    ResponderExcluir
  15. Elis!!! Amei seu post!! Vc anda me encorajando, ein?!!! Tb tenho varios atributos para planejar uma ultra... pensou a gente estreando numa?!!!

    Ba sorte Elis!! Acho que o caminho é esse, temos que nos informar, pesquisar, treinar, ver se temos condições físicas para realizar o feito, e ir na cadência, vencendo cada dia cada treino.

    Eu percebo minha evolução no atletismo de forma graduada e cadenciada, já que tenho uma limitações estruturais( minha maldita canelite!). Mas, tenho como meta avnçar na Km, minha vontade é essa, pois depois de concluir 3 maratonas, oq ue me veio a cabeça? Uma Ultra!!! Devagar a gente chega lá!!
    Bons treinos!! Pri

    ResponderExcluir
  16. oi, pri!

    essa evolução (lenta e constante) é que dá confiança pra gente saber que é capaz sim de vencer qualquer distância! ela nos dá os meios de vencer qualquer desafio: força, resistência e conhecimento de nosso próprio corpo!

    vamos treinando, nossa hora vai chegar!

    ResponderExcluir
  17. Vai uma corridinha, sim! Com passos de gueixa! Rsrsrs.

    ResponderExcluir
  18. oi, mayumi!!!

    com passinhos de gueixa a gente vai longe;)

    ResponderExcluir